Brasil

21/12/2019 07:24 Jana Sampaio - Veja.com

Operação mira milícia suspeita de matar jornalistas e vereador

Uma operação do Ministério Público do Rio de Janeiro e das polícias Civil e Militar cumpre 39 mandados de busca e apreensão nesta sexta (20) contra uma milícia que atua no município de Maricá, na Região Metropolitano do Rio. Segundo a Polícia Civil, os mandados são decorrentes de dois inquéritos: a chacina de cinco jovens em um condomínio de Maricá, em 25 de março de 2018, e o assassinato do jornalista Robson Giorno, em 25 de maio deste ano, no mesmo município. O grupo é investigado pelos crimes de homicídio e organização criminosa.

O MPRJ informou que os milicianos são suspeitos de ter envolvimento nas mortes do jornalista Romário Barros, do vereador Ismael Breve e de seu filho, Thiago Martins. Quatro integrantes da milícia teriam participação na execução de Giorno. O inquérito instaurado para investigar esse homicídio é um desdobramento do que apurou a chacina do Condomínio Minha Casa Minha Vida de Inoã, em Maricá.

Uma operação realizada em 2018 e que resultou na prisão de João Paulo Firmino, integrante da milícia chefiada por Wainer Teixeira Junior, mostrou que a organização criminosa comete crimes por encomenda, faz extorsões, imposição como vendedor único de determinados bens, vinculação com agentes públicos e coação de testemunhas.


Banner whats nativa news

Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
nativanews@hotmail.com

Redes Sociais

248x90

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo