Brasil

06/08/2018 09:45 Agência Brasil

Eleitorado menor de 18 anos cai 14,5% em relação ao último pleito

Vinte e um por cento dos jovens com 16 e 17 anos, no Brasil, são eleitores. Apesar disso, a proporção com a população geral é semelhante a 2014, últimas eleições para Presidente. Na época, 23% dos jovens com menos de 18 anos eram eleitores. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou, nesta semana, o perfil das pessoas que votam no Brasil. O levantamento aponta uma queda de 14,5% no número de eleitores com menos de 18 anos.


Apesar disso, a proporção se mantém como a anterior. Mas o que chama a atenção é que entre aqueles que votam por escolha, quase 80% não se habilitaram para isso. Para o cientista político, Ricardo Ismael, uma das explicações é a perda do interesse na política. Para ele, a realidade não reflete o que se vê comumente nas redes sociais: publicações e comentários e a ocorrência, às vezes, de intolerância com as diferenças políticas, sobretudo entre os jovens.


Segundo o Instituto Nacional de Geografia e Estatística (IBGE), o que caiu, na verdade, foi o número de jovens de 16 e 17 anos, de 2014 para cá. Enquanto aquele ano registrou mais de 7 milhões de pessoas nesta faixa etária, 2018 tem pouco mais de 6 milhões: uma redução de quase 8%, que o órgão atribui à queda de fecundidade no Brasil, nos últimos anos. Essa redução de jovens de 16 e 17 anos é uma tendência que o IBGE já sinaliza. O instituto estima que até 2060 haverá quase 2 milhões de jovens com 16 e 17 anos a menos que 2018.


A queda vai ser de quase 30%.


Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
nativanews@hotmail.com

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo