Destaques

14/06/2018 17:14 Redação I Nativa News

Escassez de trigo e alta do dólar podem encarecem 13% pão francês em Mato Grosso

O consumidor que acordar cedo para ir a padaria comprar o tradicional pão francês do café da manhã, vai se deparar com um reajuste no preço de 10% a 13% no quilo devido ao aumento que iniciou este mês. Agora, o preço médio está entre R$ 10,69 a R$ 17,16, diferente dos R$ 9,72 e R$ 15,60 anteriores. Os novos valores são decorrentes, principalmente, da alta do valor do trigo devido a escassez e cotação do dólar.

De janeiro para cá o trigo teve um aumento de 40%, informa o Sindicato das Indústrias de Panificação e Confeitaria do Estado de Mato Grosso (Sindipan/MT). Além disso, custos da mão de obra subiram 8% e a energia elétrica está até 35% mais cara. As empresas não conseguiram segurar o preço, explica o presidente da entidade, Hernando Brito.

“Esses custos impactam a rotina de trabalho das empresas, com a produção mais cara é preciso repassar o as despesas para os consumidores. Caso o sindicato não tivesse sugerido o aumento, a estabilidade das indústrias estariam comprometidas”, relata.

Para Mariana Durigan, diretora do Sindipan/MT e proprietária de uma indústria de pães congelados, a greve dos profissionais do transporte não teve impacto no ajuste do preço. "É algo que estamos a discutir com o setor já algum tempo. Já diminuimos despesas dentro das empresas, é necessário agora repassarmos o custo para o preço", explica.

Proprietária de uma padaria em Cuiabá, Angelica Menezes estava a segurar o reajuste desde o ano passado.

A razão disso é porque não sabia como os clientes reagiriam a alta do preço. “Os consumidores precisam entender a dificuldade que a empresa tem em produzir algo com uma margem de lucro cada vez menor. Não é possível promover o crescimento de uma padaria ao vender por um preço baixo. Infelizmente tivemos que aumentar o preço”, fala.

O pão francês é vendido por quilo de acordo com a portaria do Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Indústrial (Inmetro). São 1,5 mil empresas em Mato Grosso, sendo 600 indústrias de panificação. 


Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
nativanews@hotmail.com

Redes Sociais

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo