Destaques

12/06/2019 06:41 Redação I Nativa News

MT-320 'coleciona' buracos e motoristas reclamam de prejuízos

 A MT-320 passa pelos municípios de Nova Santa Helena, Colíder, Nova Canaã, Carlinda e Alta Floresta, em um total de 210 km. O trecho entre Nova Canaã e Alta Floresta vem sendo alvo estão reclamações por más condições da pista.

A MT que passa pelas cidades de Colider, Nova Cannã e Carlinda está com crateras e alguns trechos estão sem acostamento. A situação é parecida nos trechos que passam pelos três municípios.

São cerca de 140 quilômetros, mas o tempo para cruzar a MT é longo, os buracos fazem os carros andarem em ‘zig-zag’ na pista e invadir a contra mão. 

No inicio do mês de Abril, o governador Mauro Mendes (DEM) assinou, a concessão de um trecho de 182 km na MT-320 entre Alta Floresta e Santa Helena, no Norte de Mato Grosso. O Estado recebeu, em março, R$ 6,5 milhões do Consórcio Via Brasil pela operação por 30 anos do trecho.

A previsão de investimento é de R$ 550 milhões mais R$ 550 milhões que deverão custear a operação, totalizando mais de R$ 1,1 bilhão no período de concessão. 

A Secretaria de Infraestrutura (Sinfra) de Mato Grosso na época informou, por meio da assessoria de imprensa, que dentro de 45 dias a concessionária deverá terminar os projetos de engenharia, e no prazo de até um ano deverá entregar as obras de recuperação para poder começar a cobrar o pedágio, que funcionará em dois postos com o preço de R$ 7,50. O valor deverá ser reajustado a cada ano, e terá como indexador o IPCA, que é a inflação oficial.

No entanto, não disse exatamente quando as obras começam na MT-320.

 


Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
nativanews@hotmail.com

Redes Sociais

248x90

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo