Destaques

15/06/2019 13:30

Alta Floresta: Vara do trabalho utiliza videoconferência para realizar audiência com Nova Monte Verde

A Vara do Trabalho de Alta Floresta homologou nesta semana dois acordos envolvendo trabalhadores e uma varejista da cidade por meio de sistema de videoconferência.

A novidade foi o fato de os trabalhadores poderem participar da audiência diretamente do escritório de uma advogada, localizado no município de Nova Monte Verde, a cerca de 160 km da unidade da Justiça trabalhista.

A medida foi possível graças à utilização do Sistema Nacional de Videoconferência, desenvolvido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A Ferramenta visa dar mais rapidez e segurança à atuação do Judiciário.

Os trabalhadores realizaram os pedidos para serem ouvidos em seu município de residência dado a distância até Alta Floresta. Assim, eles foram ao escritório da advogada Maila Pereira, que os representa na cidade de Nova Monte Verde e, de lá, conversaram por vídeo com a juíza Janice Schneider.

Na sede da Vara, além da magistrada, estavam o preposto da empresa e o outro advogado dos trabalhadores.

Os ex-empregados moveram ações por danos morais após serem obrigados a assumir um prejuízo depois de trincarem a tela de um aparelho de TV no momento de instalação na casa de uma cliente. Eles argumentaram que não tiveram a intenção de danificar o produto e que nem mesmo chegaram a concordar com o desconto em seus salários.

Durante a audiência, ficou acordado que a empresa devolveria o valor descontado dos trabalhadores e eles, por sua vez, devolveriam a televisão à empresa. Ao final, foram homologados os acordos nos dois processos.

A advogada Maila Pereira destacou as vantagens da utilização da tecnologia. “Dá muito trabalho sair daqui e ir para a outra cidade, de forma que a audiência por videoconferência trouxe economia e agilizou o processo. Foi tudo muito simples e fácil”, elogiou.

O Sistema Nacional de Videoconferência também pode ser empregado para reuniões e mesmo execução de atos processuais, como oitivas e interrogatórios, reduzindo deslocamentos, gastos e emissão de cartas precatórias.

Essa foi a primeira vez que Vara de Alta Floresta usou a ferramenta do CNJ.

Sistema próprio

A Justiça do Trabalho em Mato Grosso possui um sistema próprio de vídeoconferência que interliga todas as unidades no estado. Ele é utilizado para reuniões internas e mesmo para a prática de atos processuais, como oitivas de testemunhas e sustentações em julgamentos no TRT. Todavia, para uso, é necessário que a parte interessada esteja em uma das unidades, seja vara do trabalho ou mesmo o TRT.


Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
nativanews@hotmail.com

Redes Sociais

248x90

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo