Destaques

18/01/2020 10:10 Jornal da Cidade

Cerca de 200 famílias devem ser isentas de pedágio na MT-208

A Praça de Pedágio será construída mesmo a 12 quilômetros do núcleo urbano de Alta Floresta na Rodovia MT-208. Produtores das vicinais terceira e quarta leste e Setor Ramal do Mogno bem que tentaram, mas o empreendimento não mudará de local e será mesmo a cerca de 200 metros da Comunidade Terra Santa, sentido Carlinda.


Na quinta-feira um grande grupo de pessoas se reuniu no trecho onde a obra iniciava pela segunda vez. Na ocasião, ficou agendada uma audiência junto à promotoria de Justiça em Alta Floresta. O encontro aconteceu na manhã de ontem, sexta-feira, dia 17 de dezembro quando dezenas de pessoas se aglomeraram em frente ao Fórum da Comarca de Alta Floresta, enquanto uma comissão de 11 representantes das comunidades buscavam uma solução que não prejudicasse os produtores rurais que residem ou trabalham diariamente no setor leste.


Representantes da Secretaria de Estado de Infraestrutura, diretores da empresa Via Brasil, vereadores, membros do Conselho Municipal do Desenvolvimento da Amazônia, vereadores, instituições de ensino, entidades de classe e outros segmentos organizados marcaram presença ao ato.


As discussões foram intensas, das 9:40 horas da manhã até quase 14 horas. Mas o resultado foi positivo para os produtores que segundo acordado com o estado e empresa, serão isentos da cobrança do pedágio, se estiverem dentro dos requisitos apontados pela concessionária.


“O estado de mato Grosso se comprometeu à isenção do pagamento de pedágio de todos os veículos, sendo moto, carros de passeio caminhonetes, caminhões de até dois eixos, que são de uso ou propriedade dos moradores, trabalhadores permanentes e proprietários de áreas localizadas entre a praça de pedágio 3 que é a P3 até a vicinal Ramal do Mogno, incluindo moradores da rodovia”, explicou o vereador Mequiel Zacarias (PT), salientando que tudo ficou acordado em ata assinado por todas as autoridades e demais lideranças presentes na audiência.


“Os proprietários de áreas dentro desse limite (área que seria da praça até o Rio Quatro Pontes), terão direito a isenção de um veículo, contanto que esses proprietários residam no município de Alta Floresta. A isenção vigorará pelo prazo da concessão vigente assim como eventuais e futuras concessões”, reforçou o vereador Mequiel explicando ainda que a isenção também beneficiará pessoas que “vierem a adquirir a integralidade de alguma propriedade na região”.


O legislador que tem acompanhado o movimento dos produtores rurais desde o início dos manifestos ainda no ano passado, disse que a partir do acordo firmado ontem na Promotoria de Justiça da Comarca de Alta Floresta, será feito o levantamento e cadastramento dos moradores. Mas conforme um proprietário rural do setor terceira leste, cerca de 200 famílias serão beneficiadas. “A praça não vai mudar, mas conseguimos a isenção. Vencemos essa. Foi uma verdadeira batalha, mas a união faz a força”, concluiu.


Banner whats nativa news

Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
nativanews@hotmail.com

Redes Sociais

248x90

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo