Agronegócios

27/06/2021 06:05 Marianna Peres I Diário de Cuiabá

SOJA: Mais de 80% da safra já estão comercializados em MT

Das mais de 36,05 milhões de toneladas de soja da safra 2020/21, de Mato Grosso, 88,29% estavam comercializadas até o final de maio, um avanço mensal de 4,82 pontos percentuais (p.p.). Conforme dados do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), o volume já vendido recebeu preço médio de R$ 161,65 a saca,

Conforme os analistas do Imea, os preços correntes da oleaginosa em altos patamares no Estado continuam impulsionando as negociações, em especial nas regiões nordeste (+5,83 p.p.) e sudeste (+5,82 p.p.) do Estado, que exibiram os maiores avanços mensais e totalizam 92,78% e 81,13% da produção já comercializada, respectivamente.

Ainda sobre o volume comercializado, o órgão destaca que o norte mato-grossense exibe o maior volume vendido da safra, totalizando 93,18% do total produzido de soja. “A região revela ainda o menor atraso quando comparado à safra 2019/20, de 0,19 p.p. Contudo, vale ressaltar que apesar do avanço mensal no Estado, o atraso da safra corrente, em relação ao mesmo período da safra 2019/20, é de 4,36 p.p. refletindo a cautela dos players do mercado, que têm postergado as negociações em busca de preços ainda mais atrativos”.

O ritmo de vendas reverbera também sobre a safra 2021/22, que só será plantada, a partir de setembro. A expectativa inicial é que sejam produzidas 37,26 milhões de toneladas. Desse total projetado, conforme o Imea, junho começou com o percentual comercializado do grão exibindo avanço mensal de 4,79 p.p., totalizando 32,51% negociados da produção esperada. “A comercialização da soja da safra 2021/22, em Mato Grosso, encerrou o mês em ritmo acelerado, diferentemente do que foi notado no mês anterior para a temporada 2021/22”, explicam os analistas do Imea.

Os preços futuros em altos patamares e a expectativa de uma maior área plantada na safra 2021/22 seguem pautando o avanço dos negócios. “Mesmo com o volume comercializado acima da média dos últimos cinco anos, quando comparado ao ciclo 2020/21, que exibiu recorde no que tange ao adiantamento das vendas, a safra futura encontra-se 9,01 p.p. atrasada. Isso se deve à preocupação dos produtores com relação aos preços, que têm optado por aguardar melhores oportunidades de negócios nos próximos meses”.

Neste mês, o preço médio comercializado registrou aumento de R$ 2,70/sc, em Mato Grosso, cotado na média de R$ 146,48/sc.


Queimada   crime nativa newsBanner whats nativa news

Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
[email protected]

Redes Sociais

248x90

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo