Artigos

02/09/2021 07:46

É tempo de seca e também de Olho Seco Evaporativo. Cuide-se!

Nosso estado é caracteristicamente um dos mais quentes do país e no mês de agosto, além do calor intenso, a baixa umidade do ar, as variações bruscas de temperaturas e a fumaça ocasionada pelas queimadas determinam uma combinação ideal para afetar a nossa saúde e o nosso bem-estar.
Nesse contexto, a saúde ocular merece atenção especial, pois o tempo seco e poluído além de favorecer o aumento dos casos das conjuntivites infecciosas e dos processos alérgicos oculares, causa, frequentemente, a Síndrome do Olho Seco Evaporativo ou, simplesmente, “olho seco”.
O “olho seco evaporativo” ocorre em decorrência da rápida evaporação do componente aquoso do nosso filme lacrimal para o ambiente externo, o qual se encontra extremamente seco, poluído e com baixa umidade.  A velocidade de evaporação da lágrima pode ser tão rápida que a própria superfície ocular não consegue se manter lubrificada adequadamente, ocasionando sintomas desagradáveis, tais como: vermelhidão ocular, sensação de areia nos olhos, fotofobia (desconforto a claridade), lacrimejamento reflexo excessivo, inchaço das pálpebras, ardência e embaçamento visual.
As pessoas mais suscetíveis são os idosos, os usuários de lentes de contato, os pacientes alérgicos e as pessoas que trabalham em frente ao computador, pois tendem a piscar menos e piorar o processo evaporativo da lágrima. Vale ressaltar ainda que, os locais de maior ventania, as áreas de fumantes e a maior proximidade aos aparelhos de ar-condicionado e/ou ventiladores são ambientes secos, de baixa umidade e podem piorar os sintomas de olho seco.
O entendimento de como acontece o “olho seco evaporativo”, a adoção de medidas de prevenção (tais como: aumentar a ingestão hídrica diária e evitar ambientes secos e poluídos) e o uso de lágrimas artificiais podem ajudar no controle dos sintomas e a minimizar o problema. As “lágrimas artificiais” são fármacos em forma de colírios que simulam a composição da nossa lágrima e ajudam a manter os olhos lubrificados por mais tempo aliviando os sintomas.
Portanto, em época de estiagem, pouca chuva e fumaça, os nossos olhos merecem mais atenção e cuidado! Previna-se, consulte regularmente um médico oftalmologista.

 
Dr. Renan Ferreira, é médico oftalmologista, especialista em Retina e Vítreo (CRM MT 9034).
@oftalmologistamt / Verbelo Oftalmologia: Rua Alves de Oliveiras, 1875 – Cristo Rei – Várzea Grande-MT; Telefones: (65) 99207-3884/ (65)2137-0880

Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
[email protected]

Redes Sociais

248x90

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo