Destaques

27/07/2021 09:01 Mato Grosso do Norte

Botijão de gás custa R$ 130,00 em várias cidades da região norte de MT

Conforme o boletim semanal divulgado pela ANP [Agência Nacional do Petróleo], que levou em consideração o intervalo entre os dias 11 e 17 de julho, os estados do Centro-Oeste registram valores máximos de venda do gás acima da média do país. 

Em Mato Grosso foram pesquisados 74 postos de venda de gás de cozinha, distribuídos entre as cidades de Cuiabá, Várzea Grande, Sorriso, Cáceres e Alta Floresta. As cidades de Alta Floresta e Sorriso têm o gás de cozinha mais caro do Brasil, como apontam dados da (ANP). Vendido a R$ 130, o botijão de GLP nestes municípios custa até R$ 37,83 mais caro que a médica nacional. 

Não é apenas em Alta Floresta e Sorriso que o gás está acima da média nacional Entretanto, tanto em Alta Floresta em Sorriso, há revenda com preços abaixo deste valor. E em outras cidades da região, o preço do botijão do gás de cozinha também está sendo vendido entre R$ 120 a 130 reais.

Em Guarantã do Norte, em algumas revendas, o botijão é vendido a R$ 125,00. E em outras também está sendo comercializado a R$ 130,00. Já em Peixoto de Azevedo, o preço do botijão é comercializado em média de R$120,00 a R$125,00 reais.

Em Carlinda, o preço do botijão depende da pesquisa feita pelo preço, variando de R$ 120 a 130 reais. O produto na cidade poder ser encontrado com três valores diferentes. O valor mais baixo é R$ 120,00, mas também poder ser encontrado a R$125,00 e até R$ 130,00.


Queimada   crime nativa newsBanner whats nativa news

Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
[email protected]

Redes Sociais

248x90

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo