Política

27/01/2021 05:10 Rafael Martins / O Bom da Notícia

Presidente da AMM recomenda que municípios de MT voltem a decretar toque de recolher

O presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), Neurilan Fraga (PL), recomendou aos prefeitos de Mato Grosso que apliquem o toque de recolher nas cidades do estado. Diante do aumento no número de caso do novo coronavírus (Covid-19), registrado desde o final do ano passado, o presidente afirmou que já foi emitida duas notificações aos municípios associados, recomendado a aplicação de medidas de biossegurança, as quais proíbem aglomerações e restringe o horário do cidadão como forma de evitar a proliferação do vírus.


O gestor revela que os prefeitos estão preocupados com a campanha de vacinação, tendo em vista as pequenas doses que receberam para iniciar a imunização da população.  Isto porque, não há previsão nem data especifica para o envio de novas doses. “A grande preocupação de todos os gestores é com relação a pequena quantidade de vacinas que receberam, sem previsão de quando virão as novas remessas”, enfatizou.


Para ele, isso é reflexo de uma má gestão por parte do Governo Federal com relação a pandemia do coronavírus. Neurilan acredita que o Brasil esteja atrasado com relação à vacinação por conta da postura do presidente Jair Bolsonaro.


“Houve um grande negacionismo por parte do presidente Jair Bolsonaro em relação à pandemia, o que gerou uma resistência na aquisição de vacinas. Até certa discriminação da vacina produzida na China. Tudo isso fez com que tivéssemos um início de vacinação tardia e em quantidade muito pequena, diante das doses que precisamos”, disse Neurilan.


Por conta da chamada segunda onda, que fez com que os casos de coronavírus voltassem a aumentar desde o final do ano passado, alguns municípios já voltaram a adotar medidas rígidas a fim de evitar a proliferação do vírus, como é o caso de Tangará da Serra.


Dos 141 municípios do Estado, 16 estão com classificação de risco moderado, conforme boletim informativo da Secretaria de Estado de Saúde, divulgado nessa segunda-feira (25). 


Trata-se de Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Cáceres, Alta Floresta, Barra do Garças, Nova Mutum, Sinop, Sorriso, Colíder, Primavera do Leste, Juara, Apiacas, Carlinda, Castanheira, Reserva do Cabaçal. 


Outros 125 municípios estão na classificação “baixo”, indicado pela cor verde, e nenhuma cidade apresenta altos riscos de contaminação.


Banner whats nativa news

Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
[email protected]

Redes Sociais

248x90

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo